A arma que Jesus nos deu

By Makko Musagara

Querido filho de Deus, estamos a viver no Tempo do Fim. Jesus quer que cada pessoa que alguma vez invocou o seu nome chegue ao céu. Na parte final desta visão, ele mostra-nos como podemos ser protegidos das tentações e provações enquanto ainda estamos aqui na terra.

 

Escolham sempre depender de Deus.

Muitos cristãos dependem da sua força e sabedoria humana para enfrentar as tentações e provações. Acabam por sucumbir ao pecado e, depois de as provações terem diminuído, perdem a sua fé em Deus. Jesus foi poderosamente ungido com o poder do Espírito Santo, no entanto, em tudo o que fez, sempre dependeu do nosso Pai do Céu. Deus condena aqueles que depositam a sua confiança na força e sabedoria humanas. Ele compara-os a arbustos no deserto que crescem no deserto seco, em solo salgado onde nada mais cresce. Nunca lhes acontece nada de bom. Mas Ele abençoa aqueles que depositam nele a sua confiança. São como árvores que crescem perto de um riacho e enviam raízes para a água. Não têm medo quando chega o tempo quente; apenas continuam a dar frutos (Jeremias 17:5-8).

 

Orem

Apesar da sua vida muito ocupada e das multidões que o seguiam constantemente, Jesus sempre poupou tempo para falar com o nosso Pai que está nos céus. Acordava sempre muito cedo antes da luz do dia encontrar um lugar solitário e rezava a Deus. Ele falava com o nosso Pai sobre muitas coisas que ele não conseguia resolver sozinho.

 

EIS A ARMA QUE JESUS NOS DEU.

Agora chegamos à parte mais importante desta mensagem. Muitos cristãos rezam, mas não sabem como. Como resultado, estão constantemente a lutar contra as tentações e provações nas suas vidas. Os discípulos de Jesus enfrentaram o mesmo problema até perceberem que Jesus foi sempre vitorioso sobre o pecado e as provações. Eles sabiam que as suas orações eram mais eficazes. Por isso, um dia pediram-lhe que os ensinasse a rezar. Jesus deu-lhes uma oração muito simples, mas que contém uma arma muito poderosa contra as acusações de Satanás. Já vimos em Mateus 4:1 que Deus levou Jesus ao diabo para ser tentado. Vimos também que Deus pode fazer o mesmo aos cristãos dos nossos dias. Portanto, em resposta ao seu pedido, Jesus instruiu os seus discípulos a rezarem sempre ao nosso Pai no céu para que ele não os levasse ao diabo para serem tentados. Ele instruiu os seus discípulos a rezarem sempre ao nosso Pai que está nos céus, como se segue.

 

…. E não nos deixes cair em[a] tentação[b]”.

Lucas 11:4

[Esta foi a sétima e última Escritura que o Senhor apresentou nesta visão].

 

Ninguém em todo o céu e na terra conhece mais a natureza de Deus nosso Pai do que o nosso Senhor Jesus Cristo. Quando Jesus nos diz que aquela pequena oração pode proteger-nos dos poderes de Satanás, acreditemos nele. Ao pedir a Deus Pai que não o deixe cair em tentação, está a dizer:

 

1. Meu Pai, por favor, não ouças as acusações de Satanás contra mim.

2. Não dês ao diabo permissão para me tentar.

3. Não me conduza ao diabo para ser tentado.

 

Deus é misericordioso. Ele dar-vos-á ouvidos. Será negada a Satanás a permissão para vos tentar. Esta é a chave para evitar tentações e provações na sua vida. Que todos os cristãos orem sempre ao nosso Pai do céu para que ele não os conduza ao diabo para serem tentados. Uma vez que Satanás acusa continuamente os crentes perante Deus, supliquemos também continuamente ao nosso Pai que ele não nos conduza a situações de tentação.

 

Que todos os cristãos percebam que o nosso Pai levou Jesus ao diabo para ser tentado apenas uma vez – logo após o seu baptismo. Jesus não gostou da experiência das tentações pelas quais passou. Portanto, depois de ter superado todas estas tentações, Jesus rezava sempre, todas as noites, ao nosso Pai para não o levar novamente ao diabo para ser tentado. O nosso Pai ouvia sempre a sua oração. Ele nunca mais levou Jesus ao diabo para ser tentado. E este é o conselho que Jesus nos está a dar nesta mensagem. Sempre a rezar para que o Pai não o conduza ao diabo para ser tentado. Ao continuar a rezar assim, será muito fácil para si detectar as armadilhas que Satanás colocou diante de si. Escapar-lhes-eis e a glória irá para Deus.

 

Que o Senhor continue a abençoar-vos.